eventos
Convergência local de renda no Nordeste 2000-2010

Italo Spinelli
UNIT

01/12/2016 – Quinta-feira
18:00 às 19:00
Sala: Auditório do CCSA II

Resumo

A região Nordeste do Brasil, marcada por suas desigualdades intrarregionais nos níveis de renda e bem-estar social, apresentou na última década um processo de crescimento considerável de seu produto agregado. Apesar das melhoras verificadas no crescimento da renda na região, indaga-se se, entre os anos de 2000 e 2010, essas melhoras foram suficientes para atenuar as desigualdades encontradas entre os municípios nordestinos. Diante disso, este trabalho tem como objetivo analisar o processo de convergência da renda proveniente do trabalho nos municípios nordestinos no período proposto, considerando-se os efeitos das interações espaciais existentes entre os municípios dessa região. Para tanto, são utilizados os modelos desenvolvidos na Econometria Espacial e, em especial, o método da  Regressão Ponderada Geograficamente (RPG), tomando como referência analítica os trabalhos de Lall e Shalizi (2003) e Ertur e Koch (2007). Desta forma, analisa-se o processo de convergência local para cada município, o que permite tratar a heterogeneidade existente na região Nordeste. Os resultados encontrados indicam a presença de um processo de convergência muito lento, no entanto, é possível verificar padrões localizados de convergência, nos quais grupos de municípios associados espacialmente entre si apresentam convergência intensa, e outros, que apresentam um padrão de baixa convergência no período.

parcerias

CEDEPLAR/UFMG

Federação das Indústria do Estado de Sergipe – FIES

Observatório de Sergipe

PPGE/UFBA

University of Illinois at Urbana-Champaign

Universidade de Oviedo
Desenvolvido por EUFABIO.COM.BR / CRIAÇÃO DE SITES, SISTEMAS PARA WEB E IDENTIDADES VISUAIS.