notícias
Defesa de Dissertação - Libânia Araújo

Na próxima quarta-feira (28/02/2018) a pesquisadora do LEADER e mestranda do Núcleo de Pós-Graduação em Economia da UFS (NUPEC), Libânia Araújo Silva, defenderá a sua Dissertação de Mestrado. Seguem abaixo detalhes da defesa:

Título da Dissertação: Estrutura produtiva, desigualdade regional e distribuição de renda: dois ensaios para o estado da Bahia

Resumo: As discussões sobre desigualdades trazem à tona os diferentes enfoques possíveis, sendo necessária primordialmente a decisão de quais vertentes e quais variáveis são consideradas na análise. Nesse sentindo, a presente dissertação é composta por dois ensaios que abordam, separadamente, dois tipos de desigualdade no estado da Bahia que, embora estejam inter-relacionados, possuem caráter distinto. No primeiro ensaio busca-se compreender a dinâmica das disparidades produtiva e de renda entre as microrregiões do estado da Bahia e decompor o crescimento regional do emprego entre os anos 2004 e 2014, utilizando, respectivamente, o coeficiente de Williamson e a análise diferencial-estrutural. Os resultados obtidos revelaram que houve uma redução da desigualdade inter-regional de renda no território baiano, bem como a realocação do emprego formal gerado pelas atividades produtivas em suas microrregiões. Por outro lado, no segundo ensaio é apresentado a discussão acerca da influência da estrutura produtiva sobre as alterações na distribuição interpessoal de renda no estado da Bahia. A análise em voga está centrada na aplicação do modelo de insumo-produto de Leontief-Miyazawa (1987), a partir do qual foram estimados os impactos de mudanças exógenas sobre a renda. Na sequência, foram realizadas duas simulações visando analisar o impacto da redução nas transferências de renda, respectivamente, às famílias pobres e extremamente pobres, e calculados os indicadores de desigualdade de Gini. Os resultados obtidos sugerem que, para o estado da Bahia, os setores produtivos possuem capacidades distintas entre si de provocar mudanças sobre distribuição de renda, e que as transferências governamentais atuam como redutores das desigualdades de rendimentos.

Banca de defesa:

Luiz Carlos de Santana Ribeiro (Orientador)

Kênia Barreiro de Souza (Coorientadora)

José Ricardo de Santana (Avaliador interno)

Débora Freire Cardoso (Avaliadora externa)

 

Data: 28 de fevereiro de 2018.

Horário: 15h30.

Local: Sala 34, CCSA 2, 2º andar.

parcerias

CEDEPLAR/UFMG

Federação das Indústria do Estado de Sergipe – FIES

Observatório de Sergipe

PPGE/UFBA

University of Illinois at Urbana-Champaign

Universidade de Oviedo
Desenvolvimento de
Sites / Sistemas para Web / Marcas