projetos
Avaliação regional da atividade turística no Brasil

Resumo

Existem na literatura diversas definições para turismo. A partir de um conceito mais amplo, o mesmo pode ser entendido como um conjunto de atividades econômicas que se relaciona ao deslocamento e a permanência de indivíduos fora das suas cidades de residência e de trabalho. A literatura internacional destaca o setor de turismo como sendo um dos mais importantes na economia mundial por muitas décadas. Este segmento contribuiu com U$ 7,2 trilhões ou 9,8% do PIB mundial em 2015 e gerou 284 milhões de empregos, o que significa 1 em cada 11 empregos na economia global. Este desempenho internacional do setor se refletiu na economia brasileira, em que o turismo corresponde a aproximadamente 3,6% do PIB brasileiro e, segundo estimativa do Ministério do Turismo, essa participação pode alcançar, em 2020, 6% do PIB. A relação do turismo com o desenvolvimento regional já foi abordada por diversos autores. De forma geral, a importância do turismo no desenvolvimento regional parte de duas premissas básicas: a primeira refere-se à capacidade da atividade em estimular outros setores, e a segunda, a valorização de elementos locais para estratégias de desenvolvimento. Será que o turismo contribui com a redução das disparidades regionais brasileiras? Qual o grau de especialização deste setor a nível municipal no Brasil? Qual a localização dos municípios com setores turísticos mais especializados? Na tentativa de responder estas perguntas, o objetivo geral do presente projeto é avaliar a atividade turística no Brasil e seus efeitos regionais. Uma das principais contribuições desta proposta de pesquisa, portanto, é combinar um conjunto de bases de dados e diferentes metodologias clássicas da análise regional. Utilizar-se-á, por exemplo, a matriz de insumo-produto (MIP) interregional estimada por Haddad et al. (2017), ano base 2011, especificada para as 27 Unidades da Federação e constituída por 68 setores, dados da pesquisa da Fipe (2012) sobre turismo doméstico no Brasil e dados do turismo de emprego, estabelecimentos, remuneração média e nível de escolaridade da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

Coordenador
Luiz Ribeiro 

Período
2018-2021

Financiamento
CNPq

parcerias

CEDEPLAR/UFMG

Federação das Indústria do Estado de Sergipe – FIES

Observatório de Sergipe

PPGE/UFBA

University of Illinois at Urbana-Champaign

Universidade de Oviedo
Desenvolvido por EUFABIO.COM.BR / CRIAÇÃO DE SITES, SISTEMAS PARA WEB E IDENTIDADES VISUAIS.