publicações
Que variáveis contribuem para a prisão do agressor em caso de violência doméstica? Uma análise dos inquéritos policiais do município de Aracaju/SE
Mota, E. S. & Jorge, M. A.

No Brasil existem altas taxas de violência doméstica contra a mulher. O objetivo do presente trabalho é, a partir dos dados dos inquéritos policiais registrados no município de Aracaju em 2014, analisar os fatores que elevam a probabilidade de prisão decorrente de ato de violência doméstica contra a mulher. O trabalho divide-se em quatro seções, além da introdução. Na primeira aborda-se a economia do crime como uma ferramenta de análise da racionalidade dos agressores. A segunda seção apresenta o modelo, bem como a técnica de regressão logística. A terceira seção, além de uma análise descritiva dos dados, discute os resultados do modelo, dentre os quais: as relações de ex-companheirismo e namoro, agressores que trabalham na Administração Pública, que ingerem bebida alcoólica, e a reincidência reduzem a probabilidade de prisão, já o agressor ser natural de fora do estado eleva tal probabilidade. Por fim, a última seção traz breves considerações finais.

Artigo completo

parcerias

CEDEPLAR/UFMG

Federação das Indústria do Estado de Sergipe – FIES

Observatório de Sergipe

PPGE/UFBA

University of Illinois at Urbana-Champaign

Universidade de Oviedo
Desenvolvimento de
Sites / Sistemas para Web / Marcas